SCHMERSAL
MENU
E-book Grátis

Quem participou da série de lives do Fórum Abril Seguro da Schmersal teve a oportunidade única de aprender muito, inclusive sobre segurança de máquinas e equipamentos, com o nosso especialista José Amauri Martins.

Durante o encontro, os participantes puderam interagir com o responsável pelo Treinamento NR-12 e obter muitas dicas baseadas em seu conhecimento, obtido em mais de 20 anos de carreira na empresa, além de em sua experiência como um dos responsáveis pela revisão da Norma Regulamentadora NR-12 em 2010, um grande avanço para a segurança do Brasil.

/

Martins também é membro do comitê de normas da ABNT e de muitas outras entidades que são referência no segmento. Ou seja, ele é a melhor pessoa para responder suas dúvidas sobre NR-12.

Sendo assim, o especialista esclarece aqui no blog duas questões importantes levantadas na live. Isso porque são assuntos de difícil compreensão no setor.

Então, acompanhe agora os aprendizados compartilhados por José Amauri Martins e eleve sua performance ao garantir a segurança de máquinas e equipamentos da indústria.

Pergunta 1
Participante 1: O chefe pediu para reformar a máquina. Sem norma? Eu tenho meu direito de me recusar a fazer como ele quer?

José Amauri Martins: Primeiramente, gostaria de esclarecer que não podemos interferir na hierarquia das empresas. Nossa opinião está baseada em regulamentos oficiais, no caso das máquinas é a norma regulamentadora n°12.

Logo, para se adequar ou reformar uma máquina, ou mesmo o seu retrofiting, deverá ter o projeto das alterações a serem implementadas. Além disso, verifique todos os aspectos construtivos e suas características. Completando, efetue a apreciação dos riscos e elabore o projeto do sistema de segurança. Esse processo deve estar baseado nas normas técnicas. Dica: com uma boa conversa entre as partes, vocês chegarão a um consenso, pois seguindo os requisitos técnicos, todos estarão resguardados das responsabilidades.

Pergunta 2
Participante 2: Gostaria de saber quantos dispositivos de segurança posso ligar em série no mesmo relé de segurança, sem alterar a categoria do sistema.

José Amauri Martins: Essa é uma das perguntas mais questionadas nos treinamentos. Vale ressaltar que quando falamos em NR-12, ou em segurança de máquinas, não há uma receita definida para todas as questões.

Sendo assim, temos que analisar os aspectos construtivos e funcionais da máquina e da aplicação de segurança, analisando que tipo de dispositivo, se é eletromecânico, magnético, etc.

Verifique também o design da máquina, a distribuição da tubulação da fiação. E não misture a fiação de potência, fiação de comando, fiação dos comandos de segurança. Analise a queda de tensão na fiação do sistema de segurança, divida as partes da máquina que apresentam riscos, ou seja, circuito de emergência, controle de portas, AOPD...

Cada um é um grupo e o mesmo relé de segurança não deverá receber sinais de dispositivos de parte diferentes da máquina. Com essas informações, baseie-se na norma ABNT NBR 14153, e verifique os requisitos exigidos para a categoria requerida a ser aplicada.

Saiba mais

E-book Grátis